O que uma Lagarta tem em Comum com um Empreendedor?

Postado em 5 de julho de 2016

Esses dias me deparei uma história que achei bem interessante quando comparada a vida de quem quer se tornar um empreendedor. Vou contar para você.

A Lagarta e a Borboleta

Como todos sabemos, as lagartas tem um grande apetite e saem devorando todas as folhas que encontram pela frente, porém elas e escolhem somente as que vão realmente nutri-las.

A lagarta só não come a folha que escolheu para ser seu refúgio, pois é para onde volta para passar a noite antes de começar toda sua saga novamente no dia seguinte.

Mas veja bem, ela tem um propósito: come uma quantidade enorme de folhas pois está se preparando para uma próxima fase da vida, que é a hibernação.

Muito determinada, a lagarta sai dia após dia atrás das folhas com o objetivo de se alimentar muito bem para conseguir atravessar o período de hibernação.

Ela só para por algum tempo em momentos especiais, para se inspirar e apreciar o voo das borboletas desejando, um dia, ser como elas. Mas logo já volta ao trabalho duro.

A Transformação

Quando a período de hibernação vai começar, ela procura por um galho ou uma folha onde possa se alojar com segurança.

Feito isso, ela se pendura e se enrola em fios que ela mesmo produz, tecendo uma capa que se transformará em casulo, no qual ela ficará abrigada enquanto estiver hibernando e passando por sua maior mudança.

Após a metamorfose completa, as lagartas viram borboletas que, quando adultas saem dos seus casulos e ainda aguardam por um dia inteiro até que suas asas sequem e estejam realmente prontas para sair voando.

Transformação Marketing Digital Bruno Pinheiro

A partir daí, elas saem livremente e felizes por terem alcançado essa grande transformação.

Mas aí vem as dúvidas: será que a lagarta tem consciência de que será um dia uma borboleta?

E será que ela tem consciência de que, se ela não realizasse as ações necessárias, ela se não se transformaria?

Se fosse assim, ela poderia deixar suas tarefas para lá e não fazer nada já que tudo iria acontecer de qualquer forma, como um passe de mágica.

Acho que era justamente por isso que ela parava para observar e apreciar as borboletas, pois ela sonhava em ser uma um dia. Ela acredita que se fizer, todos os dias, seu dever de casa, suas chances serão bem maiores de alcançar seu objetivo.

A Lagarta e o Empreendedor

E é por isso que acho que a lagarta tem muito em comum com um empreendedor. No começo ele irá precisar se nutrir de alguma forma, no caso, conhecimento. Sair atras de cursos, informação e tudo o que ele precisa para alcançar seu objetivo. 

Pois ele tem um propósito: consumindo a dose certa de conhecimento, ele poderá passar para uma próxima fase da vida, que é organizar e começar a colocar o que aprendeu em prática.

Escalada de Sucesso - Bruno Pinheiro


Estando determinado, ele corre atrás do seu objetivo insistentemente, mesmo que tropeçando de vez em quando. Mas é durante esse período que é o seu momento de hibernação, quando está se preparando para a grande transformação.

Da mesma forma que a lagarta para seu trabalho para se inspirar no voo da borboleta, o empreendedor pode (e deve) ter inspirações para poder continuar e se aprimorar.

E depois da transformação, ainda há o tempo de espera entre colocar o negócio para funcionar e ter resultados.

Lembre-se, mesmo depois de transformada, a borboleta ainda teve que esperar as asas secarem para poder voar. Pois, como já dizia a jornalista Ana Jácomo, “Paciência é o intervalo entre a semente e a flor”.

Ou seja, existe um período de paciência. Imagine se a borboleta tentasse voar logo apos sair do seu casulo, com as assas encolhidas e úmidas? O que iria acontecer?

A Comparação

Agora, analisando a história da lagarta observando o voo da borboleta, consigo comparar com a idéia de ter um mentor, participar um grupo ou ter alguém, mesmo que seja um amigo que tenha mais experiência que você, para ajudar a clarear as ideias ou acompanhar nos projetos.

E claro, para servir se inspiração também. Afinal de contas, é preciso sonhar acordado para poder tornar nossos sonhos reais! Concorda?

As Dúvidas:

Agora me diz uma coisa, será que todo mundo que parte da idéia para ação tem consciência que poderá um dia ser um empreendedor de sucesso?

Será que eles sabem que se fizerem bem o seu dever de casa, suas chances de alcançar seu objetivo serão bem maiores?

E será que eles tem consciência de que, se não realizarem as ações necessárias, eles não se transformariam em empreendedores?

O que você achou dessa metáfora? Fez sentido para você? Deixe seu comentário :)

Bruno Pinheiro - Consultor de Marketing Educacional e Digital

Eu sou consultor de marketing digital e educacional. Tenho mais de 10 anos de experiência, e foco meu trabalho em resultados utilizando Agile Marketing.


  • Caubiley Souza De Oliveira

    Eu acredito que sim, ainda mais se esse novo empreendedor puder ter um mentor como Bruno Pinheiro, 👏👏👏👏👏👏👏