Humanize a Comunicação da Sua Empresa e Tenha Melhores Resultados

Postado em 5 de setembro de 2016

Sabe um fator importante que as pessoas não costumam dar a devida atenção nas empresas? Esse fator é a comunicação com seus clientes. Muitas delas, no anseio de escalar muito suas vendas, acabam optando por atendimento automático ou com pessoas lendo scripts, sem saber o que falar caso sua pergunta não esteja naquele roteiro.

Ninguém gosta de ser atendido por máquinas ou pessoas despreparadas, até mesmo por causa da demora no atendimento, que nos faz perder no mínimo 40 minutos do nosso dia e, muitas vezes, sem sucesso.

Tem um outro caso também, que deve ser levado em consideração. Vamos ver qual é logo a seguir.

 

Mercado B2B

B2B - Bruno Pinheiro

 

Eu trabalhei muito tempo em um mercado B2B ou Business to Business, que quer dizer empresas para empresas. Para mim esse mercado não existe de fato. Sabe por quê?

 

Sempre trabalhei com B2B e nunca acreditei nisso. Eu me lembro que trabalhava em uma empresa de pneus próximo a Campinas. Eles faziam aquela imagem de propaganda/anúncio chato e tradicional durante toda a história da empresa, e não se davam conta que as pessoas já estavam cansadas com aquela invariabilidade.

 

Era preciso humanizar a comunicação o quanto antes! Mas o que eles deveriam fazer para mudar aquelas propagandas sem graça? O que você deve fazer então, quando for esse o caso?

 

Pense comigo: se o seu cliente, dentro da empresa é o gestor financeiro, você deve desenvolver uma comunicação para se dirigir ao gestor financeiro. Percebe a lógica?

 

Se o seu cliente dentro da empresa é o marketing, então comunique-se com quem ocupa esse cargo lá dentro. Você vai falar com o profissional da área específica. Não é bem mais coerente direcionar a comunicação com as pessoas dentro da empresa?

 

Se eu trabalhasse na IBM e tivesse que vender computadores, eu iria pegar o diretor de vendas e iria criar um relacionamento desse diretor com toda a rede de revendedores. E eu iria explodir de vender, pois ninguém faz isso.

Humanize a Comunicação da Sua Empresa - Bruno Pinheiro

As empresas continuam ainda na naquele modelo tradicional ultrapassado e chato, na minha opinião. Eu tinha uma agência e eu saí desse mercado porque eu desacreditei da mídia tradicional.

Mas porque que eu desacreditei? Bem, quando eu entrei no Grupo MC e tinha uma verba de 6 milhões e fui fazer o primeiro orçamento de mídia, esse valor daria para fazer um mês e meio de vinculação na Globo.

Foi quando pensei “nossa, com 6 milhões aplicados na internet, eu arrebento!” E eu fiz tudo o que você imaginar.

Pode imaginar qualquer coisa, eu fiz! Fiz coisa certa e outras erradas, como comprar seguidores (não é legal pois não vem segmentado para os nichos corretamente). Fiz de tudo e vi o que funcionava ou não.

 

E foi ai que percebi que, se todos nós humanizarmos nosso relacionamento com quem está por trás das empresas, os resultados eram extremamente melhores.

Afinal, quando você vai fechar um negócio com alguma empresa, quem é que vai no almoço de negócios? É quem está por trás da empresa. Ok?

 

Sempre tem uma pessoa por trás das empresas, lembre disso e monte sua comunicação para essa pessoa.

 

E quanto ao suporte, relacionamento e atendimento, tente também sempre deixar uma pessoa muito bem preparada para poder atender seu cliente com excelência, podendo dar um suporte diferenciado e personalizado, resolvendo os problemas da melhor forma.

Creio que seja assim que você gostaria de ser atendido também! Estou certo?

Comente abaixo sobre como você gostaria que ”as empresas” que vendem produtos ou serviços se relacionassem com você.

Que tipo de atendimento/relacionamento você acha que merece? Atendimento por um robô ou por uma pessoa de verdade? 😉
Espero que tenha gostado! Um abraço e nos vemos pelo mundo!

Bruno Pinheiro - Consultor de Marketing Educacional e Digital

Eu sou consultor de marketing digital e educacional. Tenho mais de 10 anos de experiência, e foco meu trabalho em resultados utilizando Agile Marketing.


  • Erismar Crema

    Como cliente gostaria que serviços como os de telefonia e alguns outros olhassem ao menos o cadastro antes de nos ligar para oferecer serviços/produtos ou eventuais negociações, pois na maioria das vezes, nem identificam o gênero do cliente ou o serviço que lhe é fornecido.

  • Negócios Que Rendem

    Ótimo texto, Bruno.

    As empresas se esquecem que pessoas se conectam com pessoas.

    Toda comunicação é baseada neste princípio.

    Forte abraço