Gatilhos Mentais: Uma Ferramenta de Vendas Essencial para seu Negócio

Postado em 1 de junho de 2016

Gatilhos Mentais

Esse é mais um tema bastante importante quando o assunto é escrever textos persuasivos.
Para quem tem um negócio online, saber como utiliza-los é de uma tremenda ajuda. Mas antes de falar sobre isso, vou começar do começo.

Como Uma Mensagem é Processada

Geralmente nós seguimos padrões fixos de ações que, nos quais, podem influenciar diretamente no nosso comportamento. Fazemos praticamente as mesmas coisas em determinadas situações corriqueiras, concorda comigo? Ou seja, está tudo no automático e então, somos levados a responder aos estímulos quase sempre da mesma forma.

Mas, se em algum momento que estivermos nesse ”automático”, alguns dos gatilhos mentais forem empregados, as chances de agir de forma diferente são muito grandes, desde que a situação não pareça uma ameaça, claro. Esses gatilhos servem para provocar ações a partir da emoções. Sim, é a parte emocional que nos faz agir e decidir.

Como a base da venda é a confiança, se soubermos utilizar os gatilhos certos, é fato que iremos conseguir concluir a venda. Mas mensagem também precisa ser simples e clara, direta, interessante e objetiva, assim a informação é aceita rapidamente. Um excelente e muito simples Gatilho Mental é aquele que faz com que a pessoa imagine a cena, criando um quadro mental.

Gatilhos Mentais Bruno Pinheiro

O Gatilho da Curiosidade

Para ajudar as pessoas a criarem quadros mentais basta contar Histórias, pois elas estimulam a concentração e faz com que as pessoas imaginem a cena. A partir daí, você já conseguiu a atenção dela. Também é vantajoso contar detalhes como cores e formato das coisas, mas não pode ser nada muito complexo, pois poderá intimidar as pessoas. O negócio é despertar a curiosidade nelas, aliás, esse é um gatilho que é muito usado, assim como o uso do gatilho “Por que”, que também é muito eficiente.

Em uma pesquisa feita por uma psicóloga social em 1978, analisou o comportamento de pessoas que pediam um favor mas não diziam o motivo, o por que queriam que a pessoa fizesse aquele favor.

A pesquisa foi aplicada na fila de um supermercado e então, as pessoas que diziam “posso passar na sua frente com as compras? Tenho só dois produtos”, essas nem sempre obtiveram sucesso. Porém, as que diziam “posso passar na sua frente com as compras? É por que estou com pressa“, conseguiram passar com mais fluidez. Parece bobagem, mas o “Por Que” é uma arma poderosíssima.

E um outro gatilho mental que estimula a curiosidade é usar a palavra segredo. Quem não se interessa em ouvir um bom segredo, não é? Pode até ser um título de um email: “Descubra o segredo que os empresários de sucesso não contam”.  Aposto que você iria clicar para saber.

5 Objetivos Dos Gatilhos Mentais

Sim, os gatilhos mentais tem objetivos. Irei falar de alguns aqui:

    1. Matar Objeções (tirar as dúvidas das pessoas sobre alguma coisa que a impeça de adquirir o produto ou serviço);
    2. Produzir um Conteúdo mais Técnico;
    3. Valorizar o Produto (mostrando seu diferencial);
    4. Criar Relacionamento;
    5. Vender.

Creio que deu para ter uma idéia de como usar essa ferramenta. Em em próximo post irei escrever mais sobre o assunto e contar mais um pouco desse fascinante assunto. Fique de olho na A minha página do Facebook, postarei por lá também.

Espero que tenha gostado dessa pequena amostra sobre o que são Gatilhos Mentais.

E se quiser acessar uma palestra que fiz sobre esse assunto, basta clicar no botão a seguir:

Palestra Gatilhos Mentais

Bruno Pinheiro - Consultor de Marketing Educacional e Digital

Eu sou consultor de marketing digital e educacional. Tenho mais de 10 anos de experiência, e foco meu trabalho em resultados utilizando Agile Marketing.